Implantodontia

A implantodontia é uma especialidade ortodôntica que consiste em anexar à mandíbula ou ao maxilar, um implante, conhecido como “implante dental osseointegrado”, que como o próprio nome indica é inserido no osso, local onde deveria estar localizada a raiz do dente natural. O implante é inserido como uma espécie de suporte, para que uma prótese, que pode ser fixa ou removível, seja feita sobre ele, trabalhando na reposição de um elemento dental, ótima opção para substituir dentes perdidos.

O implante é mais eficaz que pontes ou dentaduras, que podem provocar incômodos e serem esteticamente desagradáveis. É possível também, realizar um procedimento de enxerto ósseo, em casos de deficiência na quantidade de ossos para o implante, onde são retirados ossos do próprio corpo, de bancos de ossos ou uso de ossos sintéticos.

Os materiais usados na implantodontia geralmente são feitos à base de titânio, como os pinos que compõem a prótese, capazes de se unir ao osso, e devem possuir um extremo grau de qualidade e pureza, para garantir a segurança do paciente. O procedimento costuma ser rápido e preciso.

O implante dental é rápido, geralmente feito no mesmo dia, e conta com uma tecnologia de ponta para que o processo seja o mais bem sucedido possível, sem colocar em risco a saúde e o bem estar dos indivíduos, além de ser acessível.